A Rapariga no Nevoeiro, Donato Carrisi | Review Filme

Poster-filme-A-Rapariga-no-Nevoeiro
Dados Técnicos:
Título original: La Ragazza nella Nebbia
Realizador e argumentista: Donato Carrisi
País: Itália
Ano: 2017
Género: Crime, Thriller
Elenco: Toni Servillo, Alessio Boni, Jean Reno, Lorenzo Richelmy, Galatea Ranzi, Michela Cescon


Sinopse:
Um investigador descola-se até uma vila remota nas montanhas para investigar o desaparecimento de uma rapariga de dezasseis anos.

Poster-filme-A-Rapariga-no-Nevoeiro


A História

No filme A Rapariga no  Nevoeiro um detetive pouco convencional tenta desvendar o mistério por detrás do desaparecimento de Anna Lou, uma jovem de 16 anos, ocorrido perto do Natal, no dia 23 de dezembro.

O Inspetor Vogel, encarregado do caso, ver-se-á enveredado por uma espécie de teoria conspirada em parte pelo criminoso responsável pelo desaparecimento da jovem e em parte pelo próprio, cujo desfecho surpreendente só podia vir da mente de um grande escritor de policiais da atualidade que é Donato Carrisi, o autor/argumentista e realizador da obra.

Cena-filme-A-Rapariga-no-Nevoeiro
Os pais de Anna Lou buscam desesperadamente pela filha desaparecida.

Estamos perante uma obra de investigação policial italiana que em nada fica atrás dos seus congéneres norte-americanos. Um mistério bem construído com um volte face de algum modo previsível para quem está habituado a assistir a este tipo de obras, mas garantidamente bem construído. Só gostava de ter assistido a uma ou outra cena que ficaram de algum modo subentendias no final do filme e que sem dúvida teriam garantido mais suspense e adrenalina ao espetador.

As Personagens


Cena-filme-A-Rapariga-no-Nevoeiro
Toni Servillo é o Inspetor Vogel.
O Inspetor Vogel não é um protagonista vulgar, não sendo aquele herói que desde o início do filme aprendemos a admirar e respeitar, pelo contrário, ao longo da história a imagem que tínhamos dele vai se declinando com as suas atitudes pouco corretas. Trata-se de um homem por demais ambíguo e com atitudes muito pouco corretas para um policia, o que não quer dizer que os seus instintos sejam errados, apenas que usa os métodos errados para pegar os criminosos e que tudo isso iria acabar por se virar contra ele mais cedo ou mais tarde, é como costumam dizer "the karma is a bitch"...


Cena-filme-A-Rapariga-no-Nevoeiro
Alessio Boni é o Prof. Loris Martini.
O Professor Martini é uma personagem que surge mais para o meio da história, mas a sua importância é tão central que tenho que falar sobre este homem que acaba como principal suspeito do desaparecimento de Anna Lou. Todos os indícios apontam para ele, mas são tão circunstanciais que nem mesmo Vogel consegue reunir as provas necessárias para incrimina-lo, tendo que recorrer aos seus modos politicamente incorretos, nomeadamente, com recurso à comunicação social com a toda a sua teia de intrigas e ainda à manipulação de provas.

O Professor Martini mudou-se com a esposa e a filha para uma vila remota nas montanhas com poucos habitantes e uma comunidade ultraconservadora, em principio julgamos ser pelo seu trabalho enquanto professor nessa vila, mas depressa descobrimos que a sua esposa o traiu e que apesar dele a ter perdoado, eles tiveram que se mudar para tentar seguir com a vida em comum. Para continuar com ele a sua esposa abdicou de uma carreira como advogada e a filha abandonou os amigos contra a sua vontade, então a situação em casa do Professor Martini não é a melhor e em cima disso tudo vem a suspeita de homicídio...



Cena-filme-A-Rapariga-no-Nevoeiro
Jean Reno é Agusto Flores.
O Psiquiatra Flores é uma personagem interpretada pelo talentoso Jean Reno, ator francês que já participou em inúmeros filmes de Hollywood muitas vezes como vilão, e que tem aqui uma personagem diferente, mas, contrariamente ao que nos fazem crer, de extrema importância para o desenrolar da história.

A conversa entre Vogel e Flores será o combustível narrativo de toda esta trama de crime e mistério, é no diálogo entre os dois que o espetador se irá fixar para aguardar ansiosamente a confissão acerca da identidade do verdadeiro assassino de Anna Lou.





Conclusões

A principal razão porque assisti a este filme foi Donato Carrisi, li um livro dele à algum tempo, Sopro do Mal, que adorei e considero uma grande obra dentro do género policial. A Rapariga no Nevoeiro também partiu de um livro do escritor e mesmo não estando ao nível do primeiro traz-nos uma boa história com um mistério denso e uma reviravolta bem conseguida.

Cena-filme-A-Rapariga-no-Nevoeiro
A conversa entre Vogel e Flores irá conduzir todo o filme.

Como ponto negativo destaco apenas a demora no desenrolar do enredo em alguns pontos e a pressa noutros, o que torna o filme um pouco maçador e menos interessante do que podia ter sido dado o grande potencial da obra.

Concluindo, A Rapariga no Nevoeiro é um bom filme com uma qualidade que em nada fica atrás de muitas obras do género produzidas nos EUA. Afinal, em Itália também se fazem bons filmes de investigação que merecem ser assistidos, apesar de não possuírem uma grande divulgação fora de portas.

Cena-filme-A-Rapariga-no-Nevoeiro
É o desaparecimente de Anna Lou que dá início a uma grande história de investigação.

O melhor: A atmosfera de mistério que envolve não só o desaparecimento de Anna Lou, mas também toda a vila.

O menos bom: O arrastar desnecessário de algumas partes do enredo e a falta de outras que podiam ter ajudado a desenvolver a história. Enfim, uma questão de prioridades...

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim. Sinta-se livre de expressar as suas opiniões, ideias ou simplesmente desabafos. Prometo responder sempre que possível.
Muito obrigada pela sua visita!

My Instagram