Um Casamento Conveniente, Tessa Dare | Opinião Livros

Capa-livro-Um-Casamente-Conveniente-Tessa-Dare

Da autora romântica bestseller que conquistou as leitoras portuguesas
Vencedora do Prémio RITA para Melhor Romance Histórico


Objetivo número um: ter um herdeiro.
Desde que o Duque de Ashbury regressou da guerra com o rosto desfigurado, a única coisa que o move é deambular pela cidade de Londres durante a noite e assustar todos com quem se cruza. Só que agora tem um problema: precisa de um herdeiro.

Objetivo número dois: casar. Mas com regras bem definidas.
Quando Emma Gladstone, uma simples costureira, aparece em casa de Ashbury para lhe exigir um pagamento em dívida, este aproveita a ocasião e faz-lhe uma proposta de casamento. Mas impõe certas condições: deverão encontrar-se sempre às escuras, e apenas para conceberem um filho. Assim que Emma engravidar, deverá partir para o campo, e nunca mais se voltarão a ver.

Objetivo número três: não quebrar nenhuma das regras anteriores.
Ashbury e Emma casam-se. Emma, porém, é uma mulher determinada e também tem as suas próprias regras. E a principal é conhecer o marido. Permitirá Ashbury que Emma o veja realmente? E conseguirá ele impedi-la de se apaixonar?


Sou uma grande fã de Tessa Dare, autora que figura, inclusive, no meu humilde TOP 7 - Escritoras Favoritas. Esta grande autora de romances históricos tem o dom de criar histórias incrivelmente românticas e divertidas, com cenas hilárias, heroínas corajosas e heróis atormentados que afinal têm um coração de ouro.

Neste novo livro, Um Casamento Conveniente, é nos contada a improvável história de amor entre Emma, uma pobre costureira e Ash, um Duque que sofreu um grave ferimento de guerra e que, por isso, vive recluso na sua própria casa, mas a visita de Emma será o mote para um casamento conveniente que acabará por se tornar muito mais complicado do que ele alguma vez poderia pensar ser possível.

Aquilo que mais salta à vista neste livro são os seus protagonistas, duas personagens fortes que acabam por se revelar perfeitos um para o outro com todas as suas imperfeições. Emma é uma jovem corajosa que vai até casa do duque para exigir o pagamento de um vestido de noiva que ela havia feito para a ex-noiva do duque e acaba por sair de lá com uma proposta de casamento nada romântica diga-se de passagem. Ash é um homem poderoso que perdeu os pais quando ainda era uma criança e que se viu desfigurado pela guerra e abandonado pela noiva, a sua urgência em produzir um herdeiro para evitar que as suas propriedades caiam nas mãos do primo que ele considera um esbanjador e um crápula, leva-o a fazer uma proposta de casamento a Emma, a primeira mulher que não mostra horror ao ver o seu rosto desfigurado... A relação entre ambos pode começar de modo muito pouco romântico e desprovido de qualquer tipo de sentimentos, mas o seu evoluir nada terá de pouco sentimental. O crescimento dos seus sentimentos um pelo outro será o ponto mais emocionante do livro e o evoluir da sua relação será sem dúvida o ponto mais forte deste livro.

Podemos estar perante uma história por demais cliché, com um enredo previsível e um final pouco original, mas também estamos perante um livro leve, divertido e com uma história que apesar de tudo consegue marcar pela diferença devido ao enorme talento da autora. Tessa Dare consegue criar algo diferente do mesmo, a sua escrita revela-se mágica e fluida, os seus personagens, apesar das situações por deveras caricatas, revelam-se incrivelmente reais com os seus traumas do passado, os seus medos para o futuro e as suas incertezas perante o presente.

Concluindo, estamos perante mais um livro de romance histórico que nos faz sonhar com um romance cor-de-rosa entre duas personagens carismáticas e, ao mesmo tempo, aprender algumas coisas sobre como era a vida dos aristocratas naquele tempo. É sempre bom ler um livro de romance histórico de qualidade, mesmo que à partida não haja surpresas quanto ao final da história e confesso que é pelos finais felizes que mais aprecio este tipo de obras.

O melhor: Ver o evoluir da relação entre Emma e Ash.

O menos bom: De momento não me ocorre nada.



Tessa-Dare
Tessa Dare é uma autora norte-americana bestseller do New York Times e do USA Today. Os seus
livros têm sido alvo de inúmeros elogios e prémios, incluindo o Prémio RITA para Melhor Romance Histórico, atribuído pela Associação Americana de Escritores de Romance, e prémios da revista RT Book Reviews.
A revista Booklist nomeou-a «uma das novas estrelas do romance histórico» e os seus livros já foram traduzidos para mais de 12 línguas.
Bibliotecária de formação e amante de livros, Tessa Dare vive na Califórnia com o marido, os dois filhos e dois gatos.
Saiba mais sobre a autora em www.tessadare.com.

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim. Sinta-se livre de expressar as suas opiniões, ideias ou simplesmente desabafos. Prometo responder sempre que possível.
Muito obrigada pela sua visita!

My Instagram